Projeto de Desenvolvimento Regional

A  Fundação Carlos Joffre do Amaral – FCJ, tem como visão  “ser uma fundação reconhecida como referência em assistência social e educação continuada”.
Na área de educação continuada desenvolve vários programas, projetos e ações entre eles o Programa de Desenvolvimento Regional.

Com o entendimento de que o Desenvolvimento Regional se dá  através de um conjunto de ações integradas para tornar uma região viavelmente econômica e socialmente desenvolvida, a Fundação Carlos Joffre - FCJ propôs ao Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Regional – SDR, e foi aprovado o Programa Desenvolvimento Regional que engloba três ações distintas e concomitantes, ou seja:

1 - CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA JOVENS EM TIC –  100 jovens com 16 anos ou mais são contemplados com o programa, priorizando conteúdos básicos sobre Introdução ao mercado de trabalho, Fundamentos de matemática, Raciocínio lógico, Noções de hardware/software e Interpretação de texto/redação. A capacitação desses jovens e adultos vai refletir um  posicionamento diferenciado desses indivíduos no mercado de trabalho. Estudos do setor tecnológico brasileiro indicam que as remunerações ocupam atualmente em um patamar superior à média nacional. É uma qualificação preparatória para o Programa Geração TEC. Os alunos receberão transporte e lanches, sendo que aqueles que concluírem a capacitação receberão além do Certificado, um bônus de R$ 100,00 (cem reais) ao final no curso. Lages vem se destacando com a implantação do Polo de Inovação Tecnológica, possibilitando o aumento da geração de empregos e renda.

2 - MAPEAMENTO DE MESTRES E DOUTORES E PÓS DOUTORES NA REGIÃO – criação de um Banco de Dados mapeando a comunidade científica da região, pesquisadores, mestres e doutores ativos e inativos, visando o levantamento das pesquisas em andamento e de possíveis novas propostas.  O objetivo é a integração das diversas áreas do conhecimento e potencializar ações futuras para o desenvolvimento regional em encontros presenciais e definição de encaminhamentos. Envolvendo instituições de ensino como a UDESC, UNIPLAC, EPAGRI, IFSC, EMPRESAS, SME e SEE.

3 - DIAGNÓSTICO DE POTENCIALIDADES  -  realizado por especialistas um estudo técnico para avaliar os pontos fortes e fragilidades, definindo as potencialidades da região.  Após a análise de dados estatísticos, serão realizados Workshops com lideranças regionais para apresentar e discutir o diagnóstico, levantar propostas/prioridades para a construção de um plano de desenvolvimento regional.  As propostas serão agrupadas por eixos temáticos e distribuídas aos participantes conforme área de interesse ou qualificação, formando grupos que deverão planejar ações para viabilizar as propostas consideradas relevantes e prioritárias.

O diagnóstico do Parque ORION terá uma abordagem do entorno e uma abordagem com ênfase local que recairá sobre a região como um todo, ou seja, a capacidade de inovação transcende fronteiras. O reconhecimento da complexidade da inovação e de seu caráter eminentemente interativo, recai sobre a região e não sobre uma cidade isolada, sob a liderança da principal cidade da região, no que  Rodrigues, Fecteau e Gaudet (2005) denominam de «Região Criativa».

 

 
 
 
 
SBT Santa Catarina
Rádio Clube de Lages
Rádio Massa FM Lages
Rádio Gralha Azul
SCC Portal
Direta Comunicação Móvel Empresarial
Fundação Carlos Joffre
Animazoo

 
Home
Conheça a Fundação
Balanço Social
Noticias
Contato
Assistência Social
Estágios
Jovem Aprendiz
Educação Continuada
Projetos
Museu
Assessoria e Concursos
Centro de Trainamento Rancho Rochedo
 
 

Fundação Carlos Joffre
Lages/SC
Rua Nossa Senhora dos Prazeres, 132
CEP: 88502-230
(49) 3224-8080